LAGOA VIVA – XVII Reunião do Movimento Evolutivo Pacto de Resgate Ambiental LagoaViva

LAGOA VIVA – XVII Reunião do Movimento Evolutivo Pacto de Resgate Ambiental LagoaViva                                    Realizou-se nesta quinta-feira, 5, a XVII Reunião do Movimento Evolutivo Pacto de Resgate Ambiental LagoaViva que tem como presidente Donato Velozo. No evento apresentaram-se diversos especialistas ligados à área. Entre eles, o oceanógrafo e vice-presidente da Câmara Comunitária David Zee que discorrendo sobre sustentabilidade, explicou que esta é constituída por um triângulo formado pelo homem, pela natureza e pela economia, elementos que necessitam estar perfeitamente harmonizados, sob pena de inviabilizá-la.

David Zee destacou ser autor de um projeto que visa à construção de áreas abrigadas na Joatinga e na desembocadura do canal do Rio Morto. Na Joatinga, vários problemas, como o assoreamento do canal da Joatinga seriam assim resolvidos, além do surgimento de uma praia de surf no local, redução da poluição na praia do Pepê e finalmente melhoria na navegabilidade na boca do canal.

A área abrigada na saída do canal do Rio Morto resolveria inúmeros e graves problemas, que vão desde as inundações nas suas margens, seu assoreamento, passando pela proteção às areias da praia da Macumba e à própria pista de rolamento. Alem de tudo isso, a consequente valorização da área da região.

O sistema lagunar, independetemente de qualquer outra intervenção, seria beneficiado com uma mais eficiente renovação de suas águas melhorando sua qualidade.

O chamado turismo qualificado, ao possibilitar a utilização das duas regiões na prática de esportes náuticos e construção de marinas e decks, aumentaria enormemente a taxa de ocupação da rede hoteleira revitalizando dessa maneira a economia local.

Do evento participaram, além do público geral, síndicos, empresários,e pessoas envolvidas com a preservação de nossas lagoas.

Roberto Salvador